1# A Ordem Teutônica nas Cruzadas do Norte

0
60

A FUNDAÇÃO DA ORDEM E A ENTRADA NAS CRUZADAS NORTENHAS.

A Ordem dos Cavaleiros Teutônicos de Santa Maria de Jerusalém (em latim: Ordo Domus Sanctæ Mariæ Theutonicorum) ou apenas Ordem Teutônica, foi uma ordem militar cruzada, vinculada à Igreja Católica por votos religiosos pelo Papa Clemente III. Tendo sido formada na cidade de Acre, em Israel, na época das Cruzadas, no final do século XII. Os seus membros usavam sobrevestes brancas com uma cruz negra e, mais tarde, elmos adornados com chifres, asas e caudas de dragões.Tiveram a sua sede em Montfort, uma fortaleza construída nos tempos do Reino de Jerusalém, durante as Cruzadas, cujos vestígios se encontram no norte de Israel e, mais tarde, migraram para a Europa para combater o paganismo no norte.

Após o fracasso da Quarta Cruzada, os cavaleiros teutônicos aceitaram o convite de André II da Hungria para se mudarem para a Transilvânia em 1211 onde fundaram Brasov, sua nova sede, porém, foram expulsos em 1224. Mudaram-se então para o norte da Polônia, onde criaram o Estado da Ordem Teutónica (1224-1525). A agressividade e o poder da Ordem ameaçava os países vizinhos, em especial o Reino da Polônia e o Grão-Ducado da Lituânia.

Em 1226, o duque da Mazóvia (região no centro-oeste polonês), Conrado I, apelou para que os cavaleiros teutônicos defendessem as fronteiras de seu ducado e aniquilassem os prussianos bálticos pagãos. Foi então que os Cavaleiros Teutônicos entraram nas Cruzadas do Norte, organizadas pelos reis dinamarqueses e suecos com o apoio de duques católicos e os Irmãos Livonianos da Espada (outro ordem cristã nortenha) desde o século XII para a eliminação dos pagãos presentes no norte europeu. Entre 1229 e 1279 a Ordem travou épicas batalhas e conquistou áreas na Prússia, onde os cavaleiros construíram muitas cidades e fortes. Após o término da subjugação dos prussianos, a Ordem enfrentou o Reino da Polônia e o Grão-ducado da Lituânia.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS