Ascenção de S.M a Rainha Elizabett II

0
22

6 de fevereiro de 1952, teve início o todo poderoso reinado de Sua Majestade a Rainha Elizabeth II.


Nascida em 1926, filha do Imperador-Rei Jorge VI do Reino Unido, Índia e outros Reinos e territórios, Elizabeth sucedeu seu pai imediatamente após a sua morte, conforme ordena a Constituição do Reino Unido. 


A saúde do Rei Jorge VI foi piorando ao longo de 1951 e Isabel o representou em vários eventos públicos. Em 6 de fevereiro, quando o casal Princesa Elizabeth e Filipe, Duque de Edimburgo, voltou para sua casa Quênia, então colônia britânica que visitavam, depois de passarem a noite no Treetops Hotel, chegou a notícia da morte do Rei. Filipe contou as notícias à nova Rainha. Charteris, secretário particular de Elizabeth, perguntou qual nome régio ela gostaria de usar, com a rainha respondendo: “Meu próprio, é claro – qual outro?”. Ela foi proclamada Rainha por seus reinos e o séquito real voltou para o Reino Unido. Ela e o Duque de Edimburgo mudaram-se para o Palácio de Buckingham.


Sua Majestade, a Rainha Elizabeth II ostentou o título de Rainha sobre os seguintes países pelo determinado período de tempo:


Reino Unido: 1952–presente

Canadá: 1952–presente

Austrália: 1952–presente

Nova Zelândia: 1952–presente

África do Sul: 1952–1961

Paquistão : 1952–1956

Ceilão: 1952–1972

Gana: 1957–1960

Nigéria: 1960–1963

Serra Leoa: 1961–1971

Tanganica: 1961–1962

Jamaica: 1962–presente

Trinidad e Tobago: 1962–1976

Uganda: 1962–1963

Quênia: 1963–1964

Malawi: 1964–1966

Malta: 1964–1974

Gâmbia: 1965–1970

Guiana: 1966–1970

Barbados: 1966–presente

Maurício: 1968–1992

Fiji: 1970–1987

Bahamas: 1973–presente

Granada: 1974–presente

Papua-Nova Guiné: 1975–presente

Ilhas Salomão: 1978–presente

Tuvalu: 1978–presente

Santa Lúcia: 1979–presente

São Vicente e Granadinas: 1979–presente

Belize: 1981–presente

Antígua e Barbuda: 1981–presente

São Cristóvão e Nevis: 1983–presente


A Coroação de Elizabeth ocorreu normalmente em 2 de junho de 1953.


Seguem os textos de aclamação de Elizabeth II como Rainha dos Reinos independentes durante sua coroação: 


“CONSIDERANDO que aprouve Todo Poderoso Deus chamar a Sua Misericórdia Nossa Tarde Soberano Senhor, Rei George sexto, de abençoada memória e a glória, por cuja falecer a Coroa é apenas e justamente vir à Alta e poderosa princesa Elizabeth Alexandra Mary: Nós, portanto , Sir William John McKell, O Governador-Geral e Comandante-em-Chefe na e sobre a Comunidade da Austrália e os membros do Conselho Executivo Federal decide fazer agora, a uma só voz e consentimento da língua e coração, publicar e proclamar que o Alteza princesa Elizabeth Alexandra Mary é agora, com a morte de nosso Soberano tarde de feliz memória, tornar-se rainha Elizabeth Segunda, pela Graça de Deus, Rainha deste reino e de todos os seus outros Reinos e Territórios, Chefe da Comunidade Britânica, Defensor da Fé, o Supremo Liege Lady in e sobre a Comunidade da Austrália, a quem seus vassalos fazer reconhecer toda a fé e obediência constante, com afeto caloroso e humilde: suplicando a Deus, por quem reis e rainhas que reinar, para abençoar a Princesa Real Elizabeth Segunda anos com longas e felizes para reinar sobre nós.

Dado em Camberra neste sétimo dia do mês de Fevereiro do ano de Nosso Senhor de mil novecentos e cinquenta e dois, e no primeiro ano do reinado de Sua Majestade. God Save the Queen”. Austrália


“CONSIDERANDO que aprouve a Deus Todo-Poderoso para chamar a Sua Misericórdia Nossa Tarde Soberano Senhor Rei George VI de abençoada memória e gloriosa por cujo falecimento da Coroa da Grã-Bretanha, Irlanda e todos os outros domínios de sua falecida Majestade é apenas e justamente por vir para a alta e Poderosa princesa Elizabeth Alexandra Mary, Agora sabeis que eu, o disse honorável direito Thibaudeau Rinfret , Administrador do Canadá na forma indicada, assistida por sua Conselho Privado de Sua Majestade para o Canadá fazer agora fica a uma só voz e consentimento da língua e coração, publicar e proclamar que a Alteza Real princesa Elizabeth Alexandra Mary agora é pela morte de nosso soberano tarde de feliz memória e gloriosa tornou nosso único legítimo e direito Senhora Elizabeth Segunda, pela Graça de Deus, da Grã-Bretanha, Irlanda e Domínios Britânicos de Além-Mar Rainha, Defensor da Fé, o Supremo Liege Lady in e sobre o Canadá, a quem reconhecemos toda a fé e obediência constante com todo carinho farto e humilde, suplicando a Deus por quem todos os reis e rainhas não reinar para abençoar a Princesa Real Elizabeth Segunda anos com longas e felizes para reinar sobre nós. 

Dado sob minha mão e selo e o brasão em Ottawa , este sexto dia do mês de Fevereiro, no ano de Nosso Senhor 1952, e no primeiro ano do reinado de Sua Majestade.” Canadá


“A Alta e poderosa princesa Elizabeth Alexandra Mary é agora, com a morte de nosso Soberano tarde de feliz memória rainha Elizabeth o segunda, com a graça de Deus, Rainha deste reino e de todos os seus outros reinos e territórios, chefe da Commonwealth, Defensor da Fé.” Nova Zelândia


“CONSIDERANDO que aprouve a Deus Todo-Poderoso para chamar a Sua Misericórdia nosso saudoso Soberano Senhor Rei George VI de abençoada memória e glorioso, por cuja morte a Coroa da Grã-Bretanha, Irlanda e toda a sua tarde de Sua Majestade outro Domínios é apenas e justamente por vir para a alta e poderosa princesa Elizabeth Alexandra Mary;

Eu, portanto, não publico e proclamar que os ricos e poderosos princesa Elizabeth Alexandra Mary é agora, com a morte de nosso Soberano tarde de feliz memória, tornar-se o nosso único Soberano lícito e legítimo, a rainha Elizabeth Segunda, pela Graça de Deus , da Grã-Bretanha, Irlanda e das autoridades britânicas além dos mares, Rainha, Defensor da Fé, Soberana e sobre a União da África do Sul, a quem agora toda a fé e obediência constante, com todo carinho farto e humildes são devidos; suplicando a Deus, por quem reis e rainhas que reinar, para abençoar o Royal Princess Elizabeth Segunda anos com longas e felizes para reinar sobre nós.

God Save the Queen!

Dado sob minha mão e grande selo na Cidade do Cabo este sétimo dia de fevereiro de mil novecentos e cinquenta e dois”. Africa do Sul


“Após a insinuação de que a nossa tarde Clemente Soberano Rei George VI morreu enquanto dormia em Sandringham nas primeiras horas desta manhã, os senhores do Conselho Privado reunidos hoje no Palácio de St. James, e deu ordens para proclamar Sua Majestade presente . 

CONSIDERANDO que aprouve a Deus Todo-Poderoso para chamar a Sua Misericórdia nosso saudoso Soberano Senhor Rei Jorge VI de abençoada memória e Glorioso, por cuja Decease o Crown é apenas e justamente por vir para a alta e poderosa princesa Elizabeth Alexandra Mary: 

Nós, portanto, o Lordes Temporais e Espirituais e deste Reino, sendo aqui assistida com estes de seu falecido Conselho Privado de Sua Majestade , com representantes de outros membros da Commonwealth, com outros Senhores destacados de Qualidade, com o Senhor Prefeito, vereadores e cidadãos de Londres, faça agora por este meio a uma só voz e Consentimento de língua e coração publicar e proclamar que a Alteza Real princesa Elizabeth Alexandra Mary é agora, com a morte de nosso Soberano tarde de feliz memória, tornar-se rainha Elizabeth Segunda, pela Graça de Deus, Rainha da presente Reino e de todos os Seus outros Reinos e Territórios, Chefe da Comunidade Britânica, Defensor da Fé, a quem seu lieges fazer reconhecer toda a fé e obediência constante com afeto caloroso e humilde, suplicando a Deus por quem reis e rainhas que reinar, para abençoar o Royal Princess Elizabeth Segunda com longos e felizes anos a reinar sobre nós. 

Dada no Palácio de St. James, a seis de Fevereiro do ano de Nosso Senhor 1952. Reino Unido”

Imagem: Coroação de Elizabeth II em 1953

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS