Batalha Naval do Riachuelo

0
8

Batalha Naval do Riachuelo no dia 11 de junho de 1865 em Riachuelo, Corrientes, Argentina.

A decisiva vitória da esquadra do Império do Brasil na Batalha Naval do Riachuelo, foi consequência da Esquadra Brasileira já estar posicionada na Bacia do Prata, da brilhante atuação do Almirante Barroso, futuro Barão de Amazonas, de condições climáticas favoráveis e atrasos da frota Paraguaia que buscava uma passagem para o mar que estava bloqueada pela Esquadra Imperial.

A Armada Brasileira contava com 59 canhões, distribuídos em uma Fragata, três Corvetas e cinco Canhoneiras e uma força de 2.287 homens, metade da Marinha Imperial e metade do Exército.

A batalha foi decisiva, pois se o Uruguai tivesse vencido teriam controle dos rios Paraná e Paraguai e dar um importante passo na conquista do Rio Grande do Sul e do Uruguai. As baixas do Brasil foram pequenas compradas às Paraguaias, tendo 104 mortos, 142 feridos, 20 desaparecidos, um navio afundado e dois encalhados, enquanto o Paraguai teve 351 mortos, 567 feridos, quatro navios afundados e seis chatas afundados.

Imagem: “Combate Naval do Riachuelo”, Victor Meirelles, 1881-1882, atualmente no Museu Histórico Nacional.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS