10 melhores livros para jovens da Direita sobre política e revolução.

Envoltos a uma verdadeira guerra cultural, o jovem brasileiro que procura politizar-se acaba por ficar perdido em meio a um combate de ideologias. Mas se você já endireitou seu rumo, e quer entender um pouco melhor sobre o que é conservadorismo, aqui vão algumas dicas.

As Ideias Conservadoras – João Pereira Coutinho

A melhor obra de introdução ao pensamento conservador. Coutinho escreve de maneira bem didática e sem rodeios, explicando as diferenças entre o pensamento revolucionário, o reacionário e o conservador. Como diz na sinopse do livro “o conservadorismo é o modo de a sociedade preservar o melhor que, com base na tradição democrática, ela criou para garantir a paz, a liberdade dos cidadãos e o vigor das instituições.”

Como Ser um Conservador – Roger Scruton

O famoso filosofo inglês descreve em 13 capítulos o pensamento conservador e a crítica conservadora em diversas esferas de pensamento, tais como nacionalismo, socialismo, capitalismo, liberalismo, multiculturalismo, ambientalismo, intervencionismo e no próprio conservadorismo. É um dos mais didáticos livros sobre o assunto e de leitura mais agradável.

O que é conservadorismo – Roger Scruton

Nesta obra, Scruton fará um raio x minuciosamente detalhado acerca do que é o conservadorismo e suas esferas de valor.  É um livro mais aproximado a uma investigação filosófica do pensamento conservador inglês. “A partir disso, é possível compreender a perspectiva conservadora a respeito da lei e da liberdade, que não é vista de forma abstrata nem absoluta, e da propriedade, que exerce uma função consagradora dentro da sociedade”.

 

Política da Prudência – Russell Kirk

Em Política da Prudência, o autor conhecerá o mais famoso dos pensadores conservadores do século XX dos EUA. Kirk é responsável pelos famosos “10 princípios conservadores”, nome este de um capítulo do livro Política da Prudência. Russell Kirk abomina o conceito de ideologia e explica como as ideologias afastam o homem do seio conservador. O conceito de prudência é a base de sua obra, neste livro, Kirk ensinará que acima de tudo, o conservador é um homem prudente, não aceita a mudança pela mudança, e sim uma mudança gradual e controlada. Kirk também dá diversas dicas sobre autores e livros conservadores. Embora seja um livro com quase 500 páginas, não se assuste, o volume se dá a extensa introdução e a numerosa bibliografia, que ocupam praticamente 200 páginas do livro.

Elogio Ao Conservadorismo – João Camilo de Oliveira Torres

Lançado em 2016 pela Editora Arcádia, é uma fantástica obra sobre o pensamento conservador brasileiro. João Camilo é mais um autor que caiu no ostracismo e foi enterrado pela esquerda por ser um dos mais notáveis conservadores brasileiros. “Os pais fundadores do conservadorismo brasileiro são arquétipos fundamentais, mas creio que aquele que pode ser a nossa referência moderna é o intelectual mineiro João Camilo de Oliveira Torres. Foi ele que, como nenhum outro, refletiu e empreendeu esforços para desenvolver um pensamento conservador genuinamente brasileiro que não se encerrava num escopo meramente político.” Diz Bruno Garschagen, prefaciador do livro.

O Dever de Insultar – Olavo de Carvalho

Olavo de Carvalho, filosofo que tornou-se mais conhecido pela internet, em 2014 lançou o best-seller, O Mínimo Que Você Precisa Saber Para Não Ser Um Idiota. Mas em O Dever de Insultar pode ser entendido como uma continuação de seu trabalho na investigação política brasileira e americana. Olavo denuncia o establishment midiático, a falta de compromisso com a verdade, a omissão de informação, a tentativa de desviar nossa atenção para outros acontecimentos, entre outras críticas e análises políticas.

A Nova Era e aRevolução Cultural. Fritjof Capra e Antonio Gramsci – Olavo de Carvalho

Certamente você já se deparou com o jargão “Olavo Tem Razão”, mas não é à toa, a primeira edição deste livro foi em 1994, ou seja, a mais de 20 anos atrás, Olavo previu todo o nosso caos político e cultural. Ao decorrer da leitura, Olavo explica como funciona o processo de Revolução Cultural e seus efeitos danosos ao longo do tempo.  A revolução socialista não ser um levante armado e sim uma revolução silenciosa e mortal.

O Espírito das Revoluções  – J. O. Meira Penna

Neste livro, um dos clássicos brasileiros sobre a política nacional e sobre o pensamento liberal, o autor repassa a história do liberalismo e ressalta o que lhe parece ser os seus verdadeiros contornos, em meio ao conturbado processo que a humanidade ocidental viveu nos três últimos séculos. Toma como ponto de partida a ideia central de Revolução, tratando esse conceito com uma amplitude pouco comum.


Introdução à Nova Ordem Mundial – Alexandre Costa

A principal obra para se entender minimamente o que é globalismo. Olavo de Carvalho “Ler Introdução à Nova Ordem Mundial é como tomar a pílula vermelha de Matrix: absolutamente perturbador… e sem volta!”. – Flavia Barros Ximenes “Frente a uma realidade diferente do esperado, inferior aos anseios ou mesmo quando oposta ao consenso, as pessoas tendem a reagir de duas maneiras diferentes, que costumam corresponder a traços da sua personalidade e do seu caráter. A forma correta de reação, no meu entender, é aquela que procura primeiro compreender a mensagem para então remetê-la à experiência pessoal e à realidade

A Mentalidade Anticapitalista Ludwig Von Mises

O capitalismo produziu muito mais riqueza e prosperidade do que todos os outros regimes que o ante- cederam, e essa riqueza teve como efeito uma margem ainda maior de liberdade e meios de ação para os mais pobres que, sabemos, inexiste nos países que adotaram as doutrinas marxistas. E o que mais impressiona neste ensaio fundamental de Ludwig von Mises, A Mentalidade Anticapitalista, talvez seja sua data de publicação: 1956. Se eu lesse este livro e desconhecesse o autor, e se me contassem que houvera sido publicado anteontem, eu nem desconfiaria. Os assuntos de que trata são atualíssimos. Bem como atualíssima é a clarividência com que o faz.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS