Dom Pedro II decide ir à frente de batalha

0
27

Dom Pedro II decide ir à frente de batalha no dia 10 de Julho de 1865.

Apesar ser desaconselhado tanto pelo Gabinete Ministerial, quanto pelo Conselho de Estado e pela Assembleia Geral o Imperador decidiu ir à frente de batalha pessoalmente devido aos problemas no cenário de guerra.

Partiu da Corte em 11 de Julho, chegando rapidamente ao Rio Grande do Sul sendo recebido com grandes celebrações e seguiu cavalgando até o front, dormindo em tenda de campanha. O Imperador chegou à cidade brasileira de Uruguaiana, tomada pelos Paraguaios e cercada pelo Exército Brasileiro em 11 de Setembro com uma força de quase 18 mil soldados, dez vezes maior que a Paraguaia. O Imperador agiu bravamente para dar moral aos seus soldados, cavalgando dentro da linha de fogo e colocou seus dois genros o Conde d’Eu e o Duque de Saxe, veteranos de guerra na Europa no comando das tropas.

Imagem: Dom Pedro II vestindo a pilcha gaúcha em Porto Alegre a caminho do Cenário de Guerra, Luigi Terragano, 1865.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS