Invasão Soviética ao Afeganistão

0
25

Em plena Guerra Fria, com o intuito de expandir suas influências na Ásia e no oriente médio , a então União Soviética invade o Afeganistão, apoiando grupos marxistas prometendo que, se conquistada a vitória, o país ingressaria ao Pacto de Varsóvia.

Em 1979 então URSS invadiu o Afeganistão com o intuito de auxiliar na implantação do socialismo, pois em 1978, os comunistas tomaram o poder no Afeganistão, os Estados Unidos, temendo a expansão soviética tomaram algumas iniciativas, por exemplo, financiaram o Paquistão onde estavam presentes as bases de ataque. O Afeganistão contava com a colaboração do combatente Osama Bin Laden, treinado pelo exército e pela companhia de inteligência americana.

Durante a ocupação soviética , cerca de 5 milhões de pessoas abandonaram o país e 3 milhões se fixaram no Paquistão.

Depois de anos de intervenção americana e lutas armadas, em 1989, as tropas soviéticas estavam esgotadas e se retiraram do Afeganistão, provocando alvoroço islâmico pela vitória, isso significou a ascensão islâmica na Ásia central.

O território do Afeganistão tornou-se ponto de disseminação do extremismo islâmico, com isso a Rússia e a China temiam que o extremismo e o fundamentalismo islâmico chegassem aos seus territórios.

A Guerra do Afeganistão ficou conhecida entre os russos como “Vietnã Soviético”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS