O aborto é assassinato

0
17

Segundo feministas e várias outras criaturas por aí, não! De acordo com a lógica delas, o feto não é vida até a 12ª semana de gestação. Antes são apenas um amontoado de células.

OK. Vamos por partes…

1º: todo e qualquer ser que tenha um coração que tem batimentos cardíacos são considerados vivos. Um embrião começa a ter sistema neural, espinha dorsal e coração a partir da 6ª semana.

2º: antes disso, um embrião. Onde não tem vida, apenas um monte de células juntas. Mas células são vidas sim. Elas tem um ciclo completo de crescimento, reprodução, envelhecimento e morte. Além de terem sistemas que lhes permitem, por exemplo, respirar (mitocôndria) e digerir (lisossomo). Ou seja. A junção do esperma com o óvulo resulta num embrião, ou seja, uma vida!

3º: o feto sente? Sim… Ele sente. Talvez não dor, porque por mais que as partes receptoras dos sinais do sistema nervoso e que liga ao córtex cerebral já estejam desenvolvidas, as outras estruturas anatômicas envolvidas na sensação da dor ainda não foram formadas. Mas, contudo ele sente medo. Pressente o perigo que está correndo e tenta a todo custo fugir. Pode ser por instinto, mas, concordamos que se há um instinto é porque há vida?

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS