O Conde d’Eu assume o Comando das Tropas Aliadas

0
11

O Conde d’Eu assume o Comando das Tropas Aliadas no dia 22 de Março de 1869.

Com o pedido de licença do Marquês de Caxias, o Conde d’Eu, esposo da Princesa Imperial Dona Isabel e Príncipe da França, é indicado por Dom Pedro II ao cargo de Comandante-Chefe das Tropas Aliadas.

O Conde d’Eu já havia demonstrado interesse pela Guerra do Paraguia quando o Imperador Dom Pedro II chamou a ele e a seu primo, o Duque de Saxe, para o Cerco de Uruguaiana em 1865, para o qual interrompeu sua viagem de lua de mel pela Europa com a Princesa Isabel. O Conde d’Eu por duas vezes pediu para participar da guerra no Uruguai, porém o Conselho de Estado vetou os pedidos.

O Príncipe Gastão era oficial de alto escalão com prestígio e notória capacidade, visto que já havia participado da Guerra do Marrocos entre 1859 e 1860. Aplicou no Exército Imperial táticas de estratégia e organização diversificadas, participou ativamente de batalhas como o Marquês de Caxias fazia e ainda aboliu a escravidão do Paraguai, concedendo liberdade à 25 mil escravos.

Imagem: “Princípe Gastão de Orléans, Conde d’Eu”, Alberto Henschel, 1882.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS