O piloto alemão Hans-Joachim Marseille, o “Estrela da África”

0
33

24 de Agosto de 1940,

Neste dia o piloto alemão Hans-Joachim Marseille, que mais tarde seria conhecido como o “Estrela da África”, alcançava a sua primeira vitória aérea.

Marseille, pilotando um Messerschmitt Bf 109, envolveu-se num combate de 4 minutos sobre o Canal da Mancha contra um Hurricane britânico, perto da costa de Kent.

Num movimento rápido Marseille fez subir o seu Bf 109, iniciando logo em seguida uma rápida e acentuada descida, momento no qual disparou as suas armas, atingido o motor do Hurricane e provocando a sua queda no mar.

Ao retornar à base Marseille recebeu uma dura reprimenda do seu comandante, já que a sua vitória foi alcançada após abandonar o seu ala. Ao violar uma das regras mais básicas da aviação de caça, Marseille ficou muito mal visto pelos seus companheiros.

Mais tarde neste mesmo dia Marseille escreveria no seu diário:

“Não me sinto feliz por essa vitória. Em breve uma mãe receberá a notícia da morte do seu filho e isso não me pode deixar contente.”

Marseille acabaria por alcançar 158 vitórias combatendo exclusivamente pilotos britânicos sobre o Canal da Mancha ou na África do Norte, sendo por isso o piloto com o maior número de vitórias combatendo exclusivamente na Frente Ocidental, já que na Frente Oriental era frequente encontrarem-se pilotos com mais do que 100 ou 200 vitórias, com o recordista Erich Hartmann tendo alcançado 352 vitórias aéreas, 345 das quais contra pilotos soviéticos, na sua maioria inexperientes e mal equipados.

Marseille morreria num acidente aéreo na África do Norte no dia 30 de Setembro de 1942, aos 22 anos, ao comando de um Bf 109.

Hans-Joachim Marseille.

Hans-Joachim Marseille.

Hans-Joachim Marseille.

Fonte. Hoje na Segunda Guerra Mundial – Link: https://www.facebook.com/hojenasegundaguerramundial/ 

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS