O Príncipe Real Dom Pedro casa-se com a Arquiduquesa Leopoldina da Áustria

0
22

13 de maio de 1817 em Viena

Após um período de três meses de negociações iniciado em 17 de Fevereiro pelo pedido de casamento oficial realizado pelo Marquês de Marialva como embaixador ao Imperador da Áustria e uma série de banquetes suntuosos, presentes à Família Imperial Austríaca e à nobreza austríaca demonstrando todo fausto do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, gastando pouco mais de um milhão e meio de francos em toda missão, a Arquiduquesa Leopoldina Josefa Carolina Francisca Fernanda Beatriz de Habsburgo-Lorena casa-se em 13 de Maio por procuração com o Príncipe Real Dom Pedro sendo representado pelo seu tio, o Arquiduque Carlos Luis, Duque de Teschen.

Em 5 de Novembro a Arquiduquesa Leopoldina aporta no Rio de Janeiro e no dia seguinte desembarca oficialmente sob o repicar de sinos e salva de canhões, são refeitos os votos feitos por procuração na Capela Imperial, seguida de uma cerimônia de Ação de Graças, um jantar oficial de gala e a apresentação do casa na sacada do Paço Real.

Na comitiva da Arquiduquesa estava a Missão Artística Austro-Alemã, composta de pessoas como o pintor Thomas Ender, o zoólogo Natterer, os naturalistas Spix e Martius além do botânico Pohl.

Imagem: “Estudo para o desembarque de D. Leopoldina no Brasil”, Debret, 1818, atualmente no Museu Nacional de Belas Artes.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS