Operação Barbarossa

0
12

”Quando a Operação Barbarossa começar, o mundo irá segurar a respiração e fazer nenhum comentário”

–Adolf Hitler em sua última reunião com seus generais antes da invasão à Rússia.

A Operação Barbarossa foi a grande jogada da Alemanha Nazista contra a União Soviética em dezembro de 1941 e foi sua grande derrota na Segunda Guerra Mundial. Embora as baixas dos russos tenha sido 4x maiores, esta operação foi um fracasso para os alemães devido ao inverno russo.

À época do ataque, os soviéticos eram praticamente aliados dos nazistas, pelo chamado Tratado Molotov-Ribbentrop (sobrenome dos diplomatas russo e alemão respectivamente), que garantia a não-agressão entre estas nações, ou seja, que Hitler não atacaria Stalin e vice-versa. Este tratado é quebrado pelo Führer com a Operação Barbarossa, que visava uma guerra rápida para quebrar com as defesas soviéticas antes que o inverno daquelas terras chegasse (para tal a Operação se iniciou no verão). O sucesso da determinação defensiva russa em Stalingrado, Leningrado e Moscou estagnaria o front oriental, tirando a vantagem da surpresa aos alemães e lhes tirando recursos e homens que poderiam estar sendo usados contra os ingleses no Oeste.

Foram perdidos cerca de 500.000 soldados nazistas

Enquanto a URSS perdeu cerca de 3 milhões de soldados.

O nome “Barbarossa” ou Barba-Ruiva é homenagem a Frederico I, lendário Imperador do Sacro Império Romano-Germânico.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS