31 de Outubro de 475 – A posse do último Imperador Romano

0
22

Num dia de 31 de Outubro muito distante dos nossos tempos atuais, seria “empossado do cargo” por seu pai, o último soberano do Império Romano, Flávio Rómulo Augusto, ainda um adolescente.

Chegou ao trono com um Império instável em mãos, constantemente assediado por inimigos a Norte, mas que ainda assim resistia. Odoacro, o líder dos chamados “bárbaros” que viria a depor Flávio Rómulo, lhe perdoaria a vida por ser ainda muito jovem, e lhe daria uma quantia em peças de ouro para viver, como um homem livre com sua família. Seu curto reinado duraria menos de um ano – a 4 de Setembro de 476 ele seria deposto do poder -, e o fim deste marca o fim oficial da Idade Antiga e início da Idade Média. Coincidentemente, Rómulo é também o nome do fundador e primeiro Rei de Roma, mas isto não é uma grande coincidência, visto que “Rômulo” era, na época e no local, um equivalente a “João” ou “José”.

A águia altiva, que uma vez imperara sobre todo o mundo conhecido, agora, chorava em luto pelo derradeiro rastro de sua grandeza perdida no tempo…

 

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS