Os 7 Melhores livros para todo Conservador ler em 2017

0
40

01. Dez Maneiras de Destruir a Imaginação do Seu Filho Anthony Esolen

O livro que dá toda a importância a projetos como o Escola Sem Partido. O professor Anthony Esolen demonstra que o modelo de educação infantil contemporâneo não só é ineficiente na criação de um adulto maduro, como é nocivo às faculdades mentais da criança, especialmente à imaginação. Mais do que um diagnóstico assombrosamente preciso dos desastres pedagógicos implementados sistematicamente ao longo das últimas décadas (não só nos EUA), o autor ainda indica o que eles têm em comum — em suma, o ataque à faculdade imaginativa da criança — e os procedimentos para reverter o quadro.

02. Breve Retrato do Brasil– Olavo de Carvalho

O último lançamento do professor Olavo de Carvalho. Neste sétimo volume, Breve retrato do Brasil, apresentamos todos os artigos e editoriais publicados em 2011. Nele, encontramos não apenas o noticiário faltante em nossa imprensa sobre o que acontece nos EUA, mas longas análises da situação política brasileira, da conjuntura internacional e não raras lições de filosofia e ciências humanas.

03. Filosofia da Crise – Mario Ferreira dos Santos

O que é Crise? Quais as razões das nossas Crises? Originalmente publicado a mais de 40 anos atrás, a leitura é uma premonição da nossa miséria moral atual. O autor discute a crise em seus diferentes matizes: econômico, moral, ético ou comportamental, artístico ou social; um tema bastante atual, que pode interessar a todos aqueles que queiram aprofundar seu conhecimento da obra de Mario Ferrira dos Santos.

 

04. A Imaginação EducadaNorthrop Frye

Outros excelente livro para dar legitimidade ao Escola Sem Partido, discorre sobre o que é a literatura, de que adianta ensiná-la, como se deve ensiná-la – desde qual idade e começando por quais livros –, qual é o valor social, político e religioso do estudo da literatura, qual é o lugar da imaginação no processo de aprendizagem, para que outras coisas serve a imaginação, se é necessário – antes, se é possível – educá-la, e do que é capaz uma imaginação educada.

05. Fatos e Falácias da Economia – Thomas Sowell

O livro ideal para quem deseja compreender questões econômicas sem jargões e gráficos tediosos Com argumentação brilhante e extrema clareza, o economista Thomas Sowell demonstra de forma objetiva como os dados econômicos e as crenças populares são construídos de forma tendenciosa pelo senso comum, reforçados pelos políticos e divulgados pela mídia. Ao analisar algumas das falácias mais populares da economia, desfaz crenças amplamente difundidas sobre problemas urbanos, desigualdade de renda entre homens e mulheres e questões relacionadas às diferenças entre raças e países em desenvolvimento, entre outras.

 

06. Manual Politicamente Incorreto da Ciência Tom Bethell

Este livro trata da tentativa de instituições científicas, grupos organizados de cientistas ou mesmo de cientistas individuais, em conluio com a imprensa em geral, de estabelecer uma agenda não-científica, com matizes ideológicos, financeiros e religiosos, em nome da ciência.

07. Revolta Contra a Modernidade. Leo Strauss, Eric Voegelin e a Busca de Uma Ordem Pós-Liberal Ted V. McAllister

Revolta contra a Modernidade é um livro destinado principalmente ao público tradicionalista conservador. O leitor interessado em Leo Strauss ou Eric Voegelin encontrará boas apresentações de seus ensinamentos na obra, além de comparações úteis e esclarecedoras e contrastes entre os dois pensadores.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS