É revogado o banimento da Família Imperial

0
36

É revogado o banimento da Família Imperial no dia 3 de setembro de 1920 em Palácio Do Catete.

O Decreto do Banimento, uma represália contra a Família Imperial que havia recusado receber dinheiro do Governo Provisório foi revogado com outro. O Decreto 4.120 de 3 de Setembro de 1920 foi assinado pelo Presidente Epitácio Pessoa no Salão de Despachos do Palácio do Catete, com uma caneta de ouro obtida especialmente para a ocasião com dinheiro arrecadado mediante subscrição pública promovida pelo jornal “A Rua”, com a presença de de comissões de várias instituições importantes como o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, a Associação Brasileira de Letras e a Associação Brasileira de Imprensa.

Com a revogação do banimento, finalmente era possível a transladação dos corpos de Dom Pedro II e Dona Teresa Cristina para a Pátria que tanto haviam amado, assim como os Príncipes e Princesas descendentes para residirem ou visitarem o país em que haviam nascido, ou sonhavam em conhecer.

Infelizmente a revogação só foi publicada após o falecimento de Dom Luís Maria e quando a Princesa Dona Isabel já estava fraca demais para realizar a viagem.

Imagem: A Família Imperial no Castelo d’Eu

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS