Estado Islâmico reivindica ataque contra cristãos coptas no Egito

0
5

O agrupamento terrorista Daesh, proibido na Rússia, reivindicou o atentado contra os cristãos coptas no Egito, comunicou o canal Al Jazeera, citando um comunicado oficial dos jihadistas publicado em seu portal de propaganda.

Na sexta-feira passada (26), desconhecidos em 3 carros atacaram com metralhadoras um ônibus que transportava cristãos coptas, perto do mosteiro de São Manuel, perto do povoado Al Adwa, na província de Minya, que fica no sul do Egito. Os cristãos estavam se dirigindo ao mosteiro da província de Beni Suef.

Dentro de ônibus estavam cerca de 40 crianças. De acordo com os dados oficiais, 28 pessoas morreram e mais de 20 ficaram feridas. Mais cedo, os representantes da Igreja Copta tinham comunicado sobre 35 mortos, sendo que a maioria deles eram crianças.

Fonte – Sputnik

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS