Os defensores do Socialismo que desfrutam a vida no Capitalismo

0
11

Não é irônico ver aqueles que supostamente “fariam de tudo para enriquecer” doando suas fortunas e aqueles que se dizem “defensores dos pobres” enriquecendo através daquilo que eles querem destruir, o mercado?

“Em rápida digressão, vale aqui interpolar uma oportuna reflexão. No Brasil, o paternalismo e o inócuo assistencialismo estatal não atende às necessidades dos deserdados. Tal cultura gera cada vez mais dependência de raras doações e de crescentes arrecadações. Enfraquece a sociedade, diminui as expectativas de recursos para redistribuição de recursos financeiros. A filantropia pública é uma maneira disfarçada de ditadura ideológica, coerção de liberdade, que não sobrevive ante a necessidade do trabalho de todos. Para que a filantropia sustentável seja praticada, é preciso estímulo ao trabalho, igualdade nas ações públicas e eficiência na administração de recursos arrecadados (impostos). Temos muito o que amadurecer nesse quesito nestas plagas tupiniquins. ”

Correção do cartaz: Defensores “do” socialismo

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS