As revoltas de Varsóvia

0
9

No dia 16 de Outubro de 1940, um dia após o lançamento de “O Grande Ditador” por Charlie Chaplin, seria criado e delimitado, a mando de Adolf Hitler, o Gueto de Varsóvia. Este gueto, inicialmente com, estima-se, 380 000 habitantes, terminaria a Segunda Guerra devastado, após revoltas e insurreições. A Revolta do Gueto de Varsóvia faria parte dos diversos movimentos contrários ao domínio alemão da capital polonesa. Os polacos (gentílico da Polônia) não se calariam ante aos fuzis dos nazistas e muitos prefeririam morrer lutando por sua liberdade do que sob o gás dos campos de concentração, em especial o de Treblinka, a Norte da cidade. Já no início da ocupação, a cidade seria destruída em boa parte, mas a partir da delimitação do gueto, a vida para os judeus iria de mal a pior. Fome, doenças e constantes deportações forçadas aos campos de concentração esmagariam a moral e o número de vidas dentro do gueto. Mas o nacionalismo dos polacos e o desejo de vingança faria com que, em 1945, Varsóvia, ao saber da aproximação do exército soviético, que era vitorioso tendo quebrado os cercos da Operação Barbarossa, começasse um levante contra os nazistas. A chamada “Revolta de Varsóvia” visava apoiar os soldados de Stalin na tomada da cidade, causando uma guerra interna enquanto os alemães tinham que lidar com o assédio externo, e conquistar a autonomia da cidade antes que a URSS e seu comitê de assuntos sobre a Polônia (o Comitê de Liberação Nacional Soviético Polaco) assumissem o governo do país. Josef Stalin, por sua vez, ordenou que as tropas parassem ao receber notícias do levante. Assim, garantiria que os alemães se enfraquecessem e que os rebeldes polacos já estivessem todos mortos quando seus generais adentrassem a cidade, não tendo assim reivindicações territoriais ou de direitos de autonomia a fazer. Garantiu a submissão da cidade e a quebra dos nazistas, a troco de milhares de vidas judias e polacas que foram assassinadas nos massacres subsequentes ao levante. A música “Uprising”, da banda de metal sueca Sabaton, fala exatamente sobre os levantes de Varsóvia e sobre os aliados virarem as costas à luta dos polacos.

IMAGEM= O Muro do Gueto de Varsóvia sendo construído sob ordens diretas de Hitler. Fotógrafo desconhecido.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS