Presidente da Coreia do Sul diz estar otimista sobre encontro de Trump com Kim

0
22

Trump será o primeiro presidente dos EUA a se reunir oficialmente com um líder norte-coreano.

O presidente sul-coreano Moon Jae-in reuniu-se com o presidente Donald Trump na Casa Branca ontem (22) e expressou otimismo sobre o próximo encontro entre Estados Unidos e Coreia do Norte.

O assessor de Segurança Nacional de Moon, Chung Eui-yong, reiterou os comentários de Moon e assegurou aos repórteres que a reunião ocorrerá como programado.

“Acreditamos que existe 99,9% de chance de que a Cúpula entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos (programada para 12 de junho em Cingapura) será realizada conforme o programado”, disse Chung.

A Coreia do Norte mudou recentemente sua retórica apesar de várias concessões e promessas de paz e desnuclearização. “Estamos tentando entender a situação a partir da perspectiva do Norte”, disse Chung.

Moon reconheceu o mérito de Trump pelo progresso com a Coreia do Norte. O líder sul-coreano havia dito em outra ocasião que Trump merece o Prêmio Nobel por seu trabalho. “Graças à sua visão de alcançar a paz através da força e sua poderosa liderança, estamos agora aguardando a primeira cúpula entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte e nos encontramos um passo mais perto do sonho de alcançar a desnuclearização completa da Península Coreana e da paz mundial”, disse ele.

Moon também sanou as dúvidas dos principais meios de comunicação nos Estados Unidos sobre a possibilidade da reunião. “Tenho toda a confiança de que o presidente Trump será capaz de garantir a façanha histórica de fazer com que a próxima cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte tenha absoluto êxito”, disse Moon.

Trump expressou sua confiança nas intenções de Kim. “Eu acho que ele gostaria muito de ver isso acontecer”, disse o presidente. “Eu acho que ele é realmente muito sério”.

Está previsto que Trump e Kim irão se reunir em 12 de junho em Cingapura. Durante uma reunião com Moon no mês passado, Kim aceitou os planos de paz com a Coreia do Sul e também aceitou concretizar a desnuclearização. Ambos os acordos estão pendentes esperando Trump para concretizá-los em junho.

Kim libertou três cidadãos norte-americanos da prisão e convidou a imprensa estrangeira para testemunhar o fechamento de um local de testes nucleares. O secretário de Estado Mike Pompeo prometeu à Coreia do Norte um futuro brilhante se o regime encerrar seu programa nuclear.

“Se Kim Jong-un escolher o caminho certo, haverá um futuro repleto de paz e prosperidade para o povo norte-coreano”, disse Pompeo em 11 de maio.

Trump será o primeiro presidente dos Estados Unidos a se reunir oficialmente com um líder norte-coreano.

Fonte – Epoch Times

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS