Renda familiar nos EUA é a mais alta da história, com uma economia aberta a novos horizontes

0
31

Desemprego entre negros e hispânicos caiu para os níveis mais baixos registrados na história, e entre as mulheres, caiu para seu nível mais baixo desde 1950.

As famílias norte-americanas de classe média nunca tiveram uma renda melhor do que agora, um período em que a economia continua a bater recordes.

A renda familiar média alcançou um valor anual de 61.483 dólares em abril, segundo cálculo da empresa Sentier Research baseado em dados do último recenseamento.

Essa é a estimativa mais elevada da Sentier desde que começou a fornecer estatísticas mensais a partir de 2000, e também a mais alta das estimativas anuais feitas pelo Departamento de Recenseamento, que datam de 1967.

A renda das famílias norte-americanas foram dizimadas após a recessão de 2008 e continuaram a afundar até 2011. Só então os salários começaram a se recuperar. Nos últimos meses, no entanto, os números começaram a mostrar novos caminhos.

A economia tem quebrado vários recordes recentemente, como por exemplo o aumento do número de ofertas de emprego em um mês, 6,55 milhões em março. Isso significa que há quase tantas vagas de emprego quanto o número de pessoas desempregadas.

O desemprego caiu para 3,9% em abril. Desde a recessão de 1969, a única vez em que se viu números tão baixos foi em abril de 2000, e apenas por um mês.

O índice de desemprego entre negros e hispânicos também caiu para os níveis mais baixos registrados na história, e entre as mulheres, a taxa de desemprego caiu para seu nível mais baixo desde 1950.

O índice de desemprego pode ser enganoso, pois não inclui aqueles que não têm procurado trabalho nas últimas quatro semanas.

Mas mesmo contando os desempregados que procuraram um trabalho nos últimos 12 meses e também aqueles que gostariam de um trabalho de tempo integral, mas que têm de se conformar com um trabalho de meio período, os números são os melhores desde 2001, fixando-se em 7,8%, segundo o Departamento de Estatísticas de Emprego.

A economia tem superado as expectativas por mais de um ano graças a um estímulo sobre a confiança na economia. De acordo com um levantamento recente da empresa britânica de estatísticas YouGov, quase dois terços dos norte-americanos veem a economia positivamente, e mais de dois terços acreditam que as políticas do presidente Donald Trump, incluindo o corte de regulações, impostos, e seus investimentos na infraestrutura, são pelo menos parcialmente responsáveis.

Dois em cada três norte-americanos também acreditam que agora é o melhor momento para “encontrar um emprego de qualidade” — resposta mais positiva desde que o Instituto Gallup começou a fazer a pergunta em suas pesquisas há 17 anos atrás.

De fato, a pesquisa da Gallup nunca recebeu mais de 50% de respostas positivas antes de Trump assumir o cargo.

Desde que Trump tornou-se o presidente, a renda familiar média aumentou quase 3,2%, de acordo com dados da Sentier.

Trump cumpriu uma promessa central de reavivar a economia e os resultados promissores buscam impulsionar sua agenda nas eleições legislativas de 6 de novembro.

Fonte – Epoch Times

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS