Senado gasta R$ 127 mil com passeio de parlamentares na Coreia do Norte

O Senado gastou R$ 127.298,70 para mandar três senadores da oposição e em final de mandato para a Coreia do Norte de 20 de novembro a 2 de dezembro.

Os senadores Vanessa GrazziotinRoberto Requião e Antonio Carlos Valadares embarcaram no dia 20 rumo a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, primeira escala da viagem.

Além de cerca de R$ 16 mil em diárias para cada um, também saíram dos cofres públicos os recursos para pagar seguros de viagem e os deslocamentos de cada senador a Guarulhos.

Brasil mantém relações diplomáticas com a Coreia do Norte desde 2001 e é o único país das Américas a ter embaixada em Pyongyang, desde 2009.

Dados do Ministério da Indústria e Comércio Exterior mostram que as relações comerciais com a ditadura asiática são tímidas. O Brasil exportou US$ 3,2 milhões para a Coreia do Norte de janeiro a outubro deste ano.

O país ocupa a 179ª posição no ranking de exportações brasileiras, em um total de 240 países e protetorados. Entre os principais itens exportados estão ferro, aço, café, chá, tabaco e madeira.

Fonte – Renova Mídia / Folha de São Paulo

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS