Ditadura de Maduro bloqueia acesso ao Google e YouTube na Venezuela

0
37

O serviço de inteligência da ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela, bloqueou o acesso da população ao YouTube e ao Google, de acordo com o agência NetBlocks.

A restrição teve início nesta quarta-feira (23), por volta do meio-dia, e engloba serviços do Google e da plataforma móvel Android.

“Confirmado: grandes interrupções na Venezuela em meio aos protestos. Youtube, Google Search e redes sociais foram colocadas offline”, disse o perfil Netblocks, no Twitter.

Nesta segunda-feira (22), a RENOVA já havia alertado que o Twitter e Instagram haviam sido tirados do ar pelo regime de Nicolás Maduro para conter o início dos protestos pelo País.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS