Ditadura de Ortega obriga principal jornalista da Nicarágua a deixar país

0
17

O jornalista nicaraguense Carlos Fernando Chamorro, diretor do jornal “El Confidencial”, anunciou neste domingo (20) que se exilou na Costa Rica após receber ameaças das forças de repressão do ditador Daniel Ortega.

Carlos Fernando Chamorro, que era sandinista e apoiador de Daniel Ortega no passado e é filho da ex-presidente Violeta Chamorro, disse, enquanto se despedia da Nicarágua no programa “Esta Semana” que “estão criminalizando o jornalismo”.

Por ora, ele seguirá à frente dos meios que dirige, porém desde a Costa Rica, para onde viajou com a mulher, Desiré Elizondo, também editora de revistas do mesmo grupo.

Chamorro disse que provavelmente deve haver cortes no tamanho das publicações e no orçamento dos programas de TV, mas que “a resistência continuará”, informa a “Gazeta do Povo“.

Há mais de um mês, estão presos sem acusação os jornalistas Miguel Mora Lucía Pineda Ubau, que dirigem o canal 100% Notícias, tirado do ar por fazer críticas ao regime Ortega, conforme noticiou a RENOVA.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS