Em lágrimas, Villas Bôas se despede do Exército

0
100

O general Eduardo Villas Bôas chorou e foi abraçado pelo presidente Jair Bolsonaro durante a transmissão do comando do Exército, nesta sexta-feira (11), em Brasília.

Com auxílio mecânico para respirar, Villas Bôas entrou no salão em uma cadeira de rodas, sendo deslocado por um ajudante. O general tem uma doença neuromotora degenerativa.

A cerimônia marca o início do comando do Exército sob o general Leal Pujol. Deixando o cargo, o general Villas Bôas fez um discurso em que disse que 2018 foi ano “desafiador para as instituições e para a identidade nacional”.

O pronunciamento do agora ex-comandante do Exército foi concluído com “Brasil acima de tudo”. Após a leitura do discurso, Villas Bôas foi aplaudido de pé.

O primeiro a levantar foi o presidente Jair Bolsonaro, que lhe prestou continência e se aproximou para ouvir do general poucas palavras, em privado, e o abraçou, registra o “UOL“.

Após o término do evento, o ex-comandante do Exército Brasileiro fez uma declaração via Twitter:

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS