Governo do Ceará pede reforço de agentes penitenciários a Sérgio Moro

0
60

Além da Força Nacional, há também agentes de inteligência prisional do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) atuando em conjunto com o governo do Ceará para conter a onda de ataques.

“Precisamos ser firmes, mostrar que quem manda é o Estado”, disse o governador cearense Camilo Santana (PT).

Santana pediu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, reforço no quadro de agentes penitenciários nas unidades prisionais do estado.

Em reunião nesta quinta-feira (17), segundo a “VEJA“, Santana explicou a Moro que houve queda significativa no número de ataques nos últimos dias, mas defendeu a continuidade do alerta tanto das forças estaduais como nacionais como forma de evitar reações das facções criminosas.

O petista pediu ao ministro um adicional de 90 agentes penitenciários. Com cerca de 400 homens no Ceará, a Força Nacional ainda tem previsão de continuar mais duas semanas no estado.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS