Os contratos bilionários entre o BNDES e a Venezuela

0
164

Ao longo dos últimos anos de gestões petistas no Brasil vários contratos foram firmados beneficiando os governos venezuelanos.

Governada pelo ditador Nicolás Maduro desde 2013, dando continuidade ao projeto de poder bolivariano de Hugo Chávez, o regime da Venezuela, membro do Foro de São Paulo, assinou vários contratos bilionários com o BNDES.

Os valores somados dos contratos firmados com o dinheiro dos pagadores de impostos brasileiros, chegam a cifra astronômica de:

US$ 3.339.148.212,00 (Três BILHÕES, trezentos e trinta e nove MILHÕES, cento e quarenta e oito MIL e duzentos e doze DÓLARES).

Confira quais foram as obras construídas com o dinheiro brasileiro:

Nuevo Circo (Caracas metro).jpg

Metrô de Caracas – Linha 4

Contrato – XX.X.XXX.X.X de 31 de julho de 2001

Valor – US$ 107.500.000,00

Estación Ciudad Universitaria - 2015.JPG

Metrô de Caracas – linha 3

Contrato – 04.2.221.8.1 de 31 de dezembro de 2004

Valor – US$ 78.000.000,00

Estación Bello monte metro de Caracas 3.jpg

Metrô de Caracas – Linha 5

Contrato – 09.2.0627.1 de 12 de dezembro de 2009

Valor – US$ 219.342.333,00

https://www.el-carabobeno.com/wp-content/uploads/2017/04/Metro-Los-Teques-1024x679-1-696x461.jpg

Metrô de Los Teques – Linha 2

Contrato – 09.2.0628.1 de 12 de dezembro de 2009

Valor – US$ 527.847.704,00

Imagem relacionada

Siderúrgica Nacional

Contrato – 10.2.1781.1 de 30 de dezembro de 2010

Valor – US$ 865.423.450,00

Imagem relacionada

Estaleiro Astialba

Contrato – 10.2.1920.1 de 20 de setembro de 2011

Valor – US$ 637.894.134,00

Resultado de imagem para metrô de caracas linha 5

Metrô de Caracas – Linha 5

Contrato – 14.2.0961.1 de 11 de junho de 2015

Valor – US$ 200.000.000,00

Metroteques.JPG

Metrô de Los Teques – linha 2

Contrato – 14.2.0962.1 de 11 de junho de 2015

Valor – US$ 334.202.448,00

Abasto Bicentenário

Projeto de Saneamento e Desenvolvimento Integral

Contrato – 14.2.0494.1 de 11 de junho de 2015

Valor – US$ 368.938.143,00

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS