Vendedor que hostilizou a ministra Damares Alves é demitido

0
1388

Thiego Amorim, vendedor que hostilizou a ministra Damares Alves, em loja de Brasília, foi demitido.

A loja de roupas localizada em um shopping de Brasília já havia pedido desculpas na última quinta-feira (10) à ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

Damares foi hostilizada pelo vendedor Thiego Amorim, de 34 anos, por causa de sua metáfora sobre “meninos vestem azul e meninas vestem rosa” .

Na semana passada, Damares passeava pelo shopping vestindo uma camisa azul e o vendedor então a questionou se meninas usavam rosa, por que ela estava com aquela cor?

Ele filmou a ministra saindo da loja dizendo que estava sendo constrangida e, dias depois, apareceu nas redes sociais com seu advogado declarando que fora agredido pela ministra.

O vendedor contou que Damares teria colocado a mão em seu pescoço e que a assessora que acompanhava a ministra no shopping teria dado um tapa na sua mão.

A dona da franquia em Brasília, Carolina Puga, disse ter analisado os fatos e o vídeo da câmera de segurança, junto ao departamento jurídico da loja, e não constatou agressão, informa o “IG“.

Em nota, a loja pediu desculpas à ministra:

“Reforçamos aqui nossa constante preocupação em oferecer um atendimento respeitoso que preza pela gentileza, simpatia e educação com todos os nossos clientes. Esclarecemos ainda que o ocorrido está sendo usado como uma oportunidade para reiterar, ainda mais, nossos valores com todos os funcionários e garantir que situações como essa não voltem a acontecer.”

Neste domingo (13), de acordo com o blog petista “DCM”, Thiego confirmou sua demissão em um post no Facebook:

“Amores, venho atrás desse post informa lo que não faço mas parte do quadro de funcionários da marca. Ali ficou pequeno demais pra mim. Agradeço o apoio de todos e já tô pronto pra próxima batalha. Obrigado pelo apoio e carinho do Brasil inteiro. Eu não vou desisti, nunca desisti e não vai ser agora. Estamos juntos bjs amo vocês.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS