Bolsonaro envia Mourão à Colômbia para reunião do Grupo de Lima

0
24

A próxima reunião do Grupo de Lima — criado para analisar o colapso da Venezuela — será realizada na segunda-feira, dia 25 de fevereiro, na Colômbia.

O presidente Jair Bolsonaro escalou o vice-presidente Hamilton Mourão para viajar a Bogotá, na Colômbia.

O general Mourão vai representar o Brasil em reunião do Grupo de Lima na próxima segunda-feira (25).

O grupo formado por 14 nações das Américas, dos quais só o México não reconhece Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela. Na pauta da próxima reunião estão os desdobramentos da crise venezuelana.

Em mensagem publicada no Twitter, Mourão confirmou a informação:

A decisão de Bolsonaro foi tomada no mesmo dia em que o ditador Nicolás Maduro anunciou o fechamento da fronteira terrestre da Venezuela com o Brasil, como noticiou a RENOVA.

O Palácio do Planalto trata o ato do ditador venezuelano como uma retaliação à autorização, dada por Bolsonaro nesta semana, para que Guaidó use território brasileiro para fazer chegar ajuda humanitária à Venezuela.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS