Bolsonaro revoga decreto sobre documentos ultrassecretos

0
36
O presidente Jair Bolsonaro discursa durante cerimônia de posse do General Joaquim Silva e Luna, como diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou a revogação do decreto assinado pelo vice-presidente Hamilton Mourão. A medida será publicada na edição desta quarta-feira (27) do Diário Oficial da União (DOU).

O governo federal recuou nesta terça-feira (26) e decidiu revogar o decreto que amplia o número de servidores autorizados a impor sigilo a documentos públicos.

A decisão ocorre uma semana após a Câmara dos Deputados aprovar um projeto que suspende os efeitos do decreto presidencial assinado pelo então presidente interino, Hamilton Mourão, para alterar regras da LAI (Lei de Acesso à Informação), como noticiou a RENOVA.

Segundo o portal R7, o presidente Jair Bolsonaro recebeu informações de que o Senado votaria nesta quarta-feira (27) um requerimento para incluir na pauta de votações da Casa a matéria que o suspende decreto presidencial assinado por Mourão.

A votação ainda teria que ser confirmada pelo Senado. Bolsonaro, porém, se antecipou e revogou o decreto a fim de evitar uma nova derrota.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS