Brasil e EUA tentam fazer Forças Armadas rejeitarem Maduro

0
143

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, se reuniu nesta terça-feira (5), em Washington, com o chanceler dos EUA, Mike Pompeo.

O encontro entre os dois representantes diplomáticos serviu principalmente para discutir o colapso da ditadura de Nicolás Maduro na Venezuela e para preparar a visita do presidente Jair Bolsonaro à Casa Branca, em meados de março.

O chanceler brasileiro Ernesto Araújo disse que conversou com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, sobre maneiras de tentar fazer as Forças Armadas da Venezuela abandonarem Maduro, tirando do líder chavista sua principal base de sustentação.

O ministro Araújo também garantiu que não considera uma “opção militar” para dar fim ao regime vigente em Caracas, registra a ISTOÉ.

Além de Pompeo, Araújo se reuniu com o conselheiro da Casa Branca para Segurança Nacional, John Bolton.

“Discutimos apoio mútuo ao presidente interino da Venezuela, incluindo logística para fornecer assistência humanitária ao povo venezuelano”, disse o americano no Twitter.

Segundo Bolton, a aliança entre EUA e Brasil “está mais forte do que nunca”, conforme noticiou a RENOVA.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS