Brasil quer enviar 200 toneladas de alimentos à Venezuela

0
10

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, informou nesta sexta-feira (23) que o governo brasileiro tem cerca de 200 toneladas de alimentos estocados para ajuda humanitária à Venezuela.

O general Otávio do Rêgo Barros avisou nesta sexta-feira (22) que o limite da ação do governo de Jair Bolsonaro é a fronteira.

De acordo com o porta-voz, somente caminhões venezuelanos, conduzidos por venezuelanos, transportarão as mercadorias. Esses caminhões serão escoltados pela Polícia Rodoviária Federal e pelo Exército até a fronteira, em Pacaraima, no estado do Roraima.

A operação de entrega dos remédios e alimentos ao povo da Venezuela tem previsão de início neste sábado (23) e se estenderá por alguns dias, sem previsão de término, informou o porta-voz em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22).

Rêgo Barros explicou que a decisão de iniciar o deslocamento da ajuda para a Venezuela será da equipe que está em Boa Vista para a operação de transporte. Caso não seja possível iniciar a entrega, serão avaliadas novas tentativas nos dias seguintes, registra o G1.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS