França condena quase 2 mil pessoas por violência em protestos dos ”coletes amarelos”

0
14

O primeiro-ministro da França, Édouard Philippe, disse nesta terça-feira (12) que 1.796 pessoas foram condenadas pelo envolvimento em protestos violentos dos “coletes amarelos”.

Em discurso na Assembleia Nacional, o premiê da França afirmou:

“Desde o início desses fatos, a Justiça decretou 1.796 penas e 1.422 pessoas ainda estão a espera de julgamento.”

1.422 manifestantes aguardam uma sentença definitiva. 316 delas foram presas preventivamente e seguem detidas.

Édouard Phillipe afirmou que houve atos de violência contra as forças de segurança, pessoas e bens privados durante os protestos.

Segundo a agência EFE, o premiê acrescentou mais detalhes sobre os atos de vandalismo:

“Mas também contra locais emblemáticos da história do nosso país, por exemplo, o Arco do Triunfo, ou contra lugares que representam nossa democracia, como a Assembleia Nacional.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS