Irmão de Chávez quer pegar em armas para defender Venezuela

0
136

Adán Chávez, irmão do falecido presidente Hugo Chávez, afirmou, que o chavismo está disposto a “pegar” em fuzis para defender a Venezuela diante da possibilidade de uma interferência externa para tirar Nicolás Maduro do poder.

Outro expoente do regime chavista, Diosdado Cabello afirmou que qualquer força estrangeira será “repelida”.

Segundo a Veja, o irmão de Hugo Chávez afirmou nesta terça-feira (5):

“Estamos preparados e dispostos para enfrentar, se for necessário, as tentativas do império e seus aliados de invasão, para desencadear uma guerra no nosso território. Se for necessário pegarmos em fuzis, pegaremos. Que ninguém duvide disso.”

Adán Chávez, que é constituinte pelo estado de Barinas, deu esta afirmação durante uma reunião da Assembleia Nacional Constituinte (ANC), onde vários de seus membros, entre eles seu presidente, Diosdado Cabello, advertiram que estão dispostos a defender sua “pátria”.

Cabello esbravejou:

“Isto é um território que precisa ser respeitado. Qualquer unidade militar que tentar entrar em nosso território será repelida e nosso território será defendido por nossa Força Armada Nacional Bolivariana, não tenham dúvidas disso.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS