Jean Wyllys segue atacando o Brasil em giro pela Europa

0
382

Quase um mês após renunciar a seu terceiro mandato como deputado, o psolista Jean Wyllys corre a Europa atacando o governo Bolsonaro.

Jean Wyllys começou seu tour de ataques em Berlimcidade onde afirma estar morando com a ajuda de amigos, e diz já ter sido convidado a falar em Portugal, França, Suécia e Canadá.

Na última segunda-feira (18), pouco antes de dar uma conferência na Fundação Rosa Luxemburgo, ligada a um partido de esquerda da Alemanha, Wyllys declarou:

“Nem todo mundo está contaminado pelo vírus da burrice e do preconceito que infectou o novo governo do Brasil e parte dos eleitores que o aplaudem.”

Poucas horas depois, durante uma entrevista coletiva, o psolista partiu para o ataque contra o ministro da Justiça, Sérgio Moro:

“O atual ministro da Justiça quer legalizar e ampliar possibilidades de assassinatos das pessoas. Por trás está, na verdade, uma tentativa de legalizar a opressão contra a oposição política que vai haver no governo Bolsonaro.”

Wyllys lançou dúvidas sobre o empenho de Moro, relacionando as denúncias de ameaças feitas contra ele à família do presidente Jair Bolsonaro:

“Não confio na disposição dele em chegar ao fundo de lodaçal, pois estou convicto de que, no fundo desse esgoto, estão pessoas ligadas à família que lhe convidou pra ser ministro da Justiça.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS