Jihadistas do Estado Islâmico abandonam último reduto na Síria

0
22

Terroristas do Estado Islâmico e suas famílias estão sendo obrigados a uma retirada forçada do último reduto controlado pelo grupo na Síria.

O pânico toma conta dos jihadistas do Estado Islâmico e de suas famílias enquanto grupos armados apoiados pelos Estados Unidos avançam pelos os últimos territórios sob controle Estado Islâmico no leste da Síria.

Segundo os militares americanos, os militantes do grupo extremista islâmico estão encurralados em uma área de cerca de 4 quilômetros quadrados.

No último mês, o grupo perdeu o controle de duas aldeias que ainda estavam em suas mãos. Agora, dominam apenas uma, registra a Veja.

Na região oeste, o Estado Islâmico é atacado pelas forças leais ao líder sírio Bashar Assad. Nas regiões norte e leste, são desafiados pelas milícias curdas e árabes apoiadas pelos americanos, conhecidas como Forças Democráticas da Síria (FDS). No sul, na zona de fronteira com o Iraque, tropas iraquianas mantém guarda.

Em discurso recente, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o fim do Estado Islâmico é iminente, conforme noticiou a RENOVA.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS