Lula é investigado por invasão do MTST ao tríplex do Guarujá

0
27

PF apura se o presidiário Lula influenciou extremistas de esquerda do MTST a ocuparem o tríplex no Guarujá em abril do ano passado.

O ex-presidente Lula da Silva (PT) agora é investigado em mais um inquérito.

A Polícia Federal (PF) apura se o presidiário influenciou o Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST) a invadir o seu tríplex no Guarujá.

Em abril do ano passado, cerca de 30 extremistas do MTST invadiram o apartamento para protestar contra a prisão de Lula, como noticiou a RENOVA.

Quem coordenou a ocupação foi Guilherme Boulos (PSOL). “Se o tríplex é dele, então o povo está autorizado a ficar lá. Se não é, precisam explicar por que ele está preso”, afirmou Boulos na época, informou o IG.

Em um discurso antes de ser preso, no dia 7 de abril do ano passado, o ex-presidente afirmou que foi condenado “por um desgraçado de um apartamento” que não pertence a ele e afirmou que já havia pedido que Boulos “mandar o pessoal dele ocupar”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS