Maduro acusa Colômbia de ‘agressão’ contra Venezuela

0
23

O ditador Nicolás Maduro afirmou nesta terça-feira (26) que seu país sofreu uma “agressão” do governo da Colômbia no último sábado (23).

Na data em questão, a oposição organizou uma operação para tentar fazer entrar na Venezuela várias toneladas de ajuda humanitária que estão armazenadas na cidade fronteiriça de Cúcuta.

Durante participação em evento na capital Caracas, o ditador Nicolás Maduro afirmou:

“No sábado, 23 de fevereiro, a Venezuela sofreu uma agressão por parte do governo colombiano nas pontes fronteiriças do estado de Táchira.”

Na ocasião, o ditador da Venezuela divulgou vídeos alegando que os caminhões transportando ajuda humanitária foram queimados por “ordem” do presidente colombiano, Iván Duque, para disparar uma “escalada” na tensão bilateral e provocar confrontos armados.

Além disso, Maduro afirmou que a “agressão” colombiana “levou à ruína a passagem fronteiriça”, fechada desde a noite da última sexta-feira e com a troca comercial fortemente restringida desde então, segundo a agência EFE.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS