Maduro diz que Venezuela não precisa de ajuda humanitária

0
26

Maduro voltou a recusar apoio humanitário e alertou a oposição que eles precisam de “ajuda mental”.

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, voltou a criticar nesta segunda-feira (4) os pedidos de apoio humanitário para seu país.

O líder chavista disse que a oposição, que impulsiona estes pedidos de assistência internacional, precisa de “ajuda mental”, informa o UOL.

Venezuela enfrenta uma severa crise econômica que ocasiona escassez de itens básicos, alimentos e remédios. Mesmo assim, Maduro segue dizendo que não há nenhuma crise no País.

Em um ato com militares no estado de Aragua, que foi transmitido pela televisão, Maduro afirmou:

“Não se pode fazer à Venezuela uma promessa falsa de uma suposta ajuda humanitária, é preciso convocar a Venezuela ao trabalho, à produção, ao crescimento da nossa economia, não somos mendigos de ninguém.”

No último sábado, o presidente interino Juan Guaidó anunciou a formação de uma “coalizão nacional e internacional” de ajuda humanitária para a Venezuela com pontos de armazenamento no Brasil e na Colômbia.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS