Maduro envia blindados para fronteira da Venezuela com Brasil

0
65

A ditadura de Nicolás Maduro começou a mobilizar tropas e veículos militares para a fronteira entre Venezuela e o Brasil.

A medida da ditadura da Venezuela é uma reação ao anúncio de participação do Brasil na entrega da ajuda humanitária internacional prometida para o próximo sábado (23) pelo presidente interino Juan Guaidó.

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro confirmou a ação humanitária na Venezuela nesta quarta-feira (20) em mensagem na rede social Twitter.

Bolsonaro disse que o Brasil doará alimentos e remédios para o país vizinho em apoio a Juan Guaidó, reconhecido por cerca de 50 nações como líder legítimo do país.

Nicolás Maduro reagiu enviando tropas e tanques para a fronteira com o estado de Roraima.

Os moradores da cidade venezuelana de Santa Elena, localizada a cerca de 15 quilômetros da fronteira com o Brasil, se assustaram ao ver os blindados e soldados sendo deslocados para o batalhão militar mais próximo do território brasileiro, afirma O Globo.

Fotos dos tanques enviados pelo ministro da Defesa circularam em grupos de WhatsApp de moradores da região.

Foto de um blindado da Venezuela chegando na fronteira com o Brasil.

Dias atrás, o general Vladimir Padrino López, ministro da Defesa do regime chavista, declarou sua lealdade a Maduro mais uma vez, como noticiou a RENOVA.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS