Militares da Venezuela ajudaram Juan Guaidó a cruzar fronteira

0
65

Jua Guaidó atravessou a fronteira da Colômbia nesta sexta-feira (22), desafiando a decisão do Tribunal Supremo da Venezuela. Em decisão no final de janeiro, a Corte o proibiu de sair do país.

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, conseguiu cruzar a fronteira com a Colômbia, nesta sexta-feira (22), onde estava ocorrendo um evento para arrecadação de fundos para ajudar o povo venezuelano.

Guaidó afirmou ter recebido o apoio das Forças Armadas da Venezuela para atravessar a fronteira. Em conversa com jornalistas na cidade de Cúcuta, o líder opositor declarou:

“Todo mundo está perguntando como conseguimos chegar. Estamos aqui porque as Forças Armadas estão envolvidas nesse processo. Chegamos à Colômbia em busca de assistência. Isso não significa dar esmolas, mas reconhecer que há uma crise.”

Os militares da Venezuela seguem apoiando o ditador Nicolás Maduro. No entanto, Guaidó vem clamando repetidamente aos militares para que mudem de lado.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS