Militares da Venezuela bloqueiam rotas alternativas na fronteira

0
24

Mesmo após Nicolás Maduro determinar o bloqueio por tempo indeterminado, um grande número de venezuelanos continuou sendo visto cruzando a fronteira com o Brasil na manhã desta sexta-feira (22).

Em dias normais, a passagem é fechada à noite e reabre por volta das 7h do dia seguinte (horário local, às 8h de Brasília).

No entanto, isto não aconteceu na manhã desta sexta-feira (22).

Os venezuelanos estavam entrando no Brasil por meio de rotas clandestinas para burlar o bloqueio militar imposto pelas Forças Armadas da Venezuela.

O fotógrafo Jackson Félix, do G1, conseguiu observar grupos de venezuelanos usando rotas alternativas, as chamadas trincheiras para entrar em território brasileiro.

Um destes caminhos muito próximo ao posto oficial de controle dos dois países, como pode ser visto abaixo.

Foto: Jackson Félix/G1 RR

Por volta das 8h30, militares da Venezuela passaram também a reforçar a fiscalização pelos caminhos no entorno da fronteira fechada.

Os soldados abordam quem tenta cruzar a fronteira a pé pelo lado venezuelano e impedem a passagem pela mata.

Apesar do intenso bloqueio militar, o correspondente da Rádio Gaúcha, Matheus Schuch, registrou o momento em que um grupo de venezuelanos consegue entrar em Roraima através de uma destas rotas alternativas.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS