Sindicatos convocam protestos contra reforma da Previdência

0
2

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (20), as principais centrais sindicais do Brasil decidiram organizar protestos contra a reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro.

A realização de manifestações em várias cidades do Brasil está prevista para os dias 8 de março e 1º de maio, informa o Congresso em Foco.

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, a proposta do presidente Jair Bolsonaro representa o fim da Previdência e da seguridade social no país.

Vagner também anunciou que as centrais vão tentar constranger parlamentares em aeroportos e outros lugares públicos para que eles votem contra a reforma da Previdência.

Por meio de nota, a Força Sindical disse que a reforma é “uma perversidade que só prejudica os trabalhadores menos favorecidos economicamente”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS