Alexandre Garcia pede endurecimento da lei contra ataques do MST

0
69

O jornalista Alexandre Garcia afirma que o atentado do MST contra uma delegação do Ministério do Meio Ambiente tem que ser punido com rigor.

Na última quarta-feira (27), uma delegação do governo Jair Bolsonaro foi alvo de agressões injustificáveis por parte de extremistas de esquerda do Movimento dos Sem Terra (MST) e do Partido da Causa Operária (PCO).

“Fomos cercados e atacados por membros do MST e do PCO, que agrediram as pessoas e depredaram viaturas oficiais do MMA”, disse o ministro Ricardo Salles sobre o atentado, como noticiou a RENOVA.

Em vídeo divulgado pelo Jornal da Cidade Online,Alexandre Garcia falou sobre o ataque:

“Eu vi nas fotografias a raiva e o ódio na cara das pessoas que estavam agredindo o patrimônio público e os agentes públicos.”

O jornalista acrescentou:

“São crimes gravíssimos. Tá na hora de isso acabar, acabar o fato de tolerarem essa história, de acabar a omissão, de adotar medidas dentro da lei, de aplicar a lei contra essas pessoas que, na verdade, são fanáticos, provavelmente, que não têm limites e não reconhecem a lei brasileira e fazem suas próprias leis.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS