Americano luta para ser definido como ‘sem gênero, alienígena’

0
0

Jareth Nebula. Inicialmente, Jareth, de 33 anos, identificava-se como um ”homem transgênero”, após se submeter a mastectomia aos 29.

Tudo mudou. Agora, Jareth luta para que as pessoas o reconheçam como um ser “sem gênero, alienígena”. ”Ele e ela” devem ceder lugar a um termo neutro (em inglês funciona melhor, com o pronome “it”). Jareth acredita pertencer a uma espécie singular: ET preso no corpo de humano. E crê não estar só.

O nome é uma homenagem a um personagem interpretado por David Bowie no filme “Labirinto”, de 1986.

“Quando me revelei transgênero e acreditei finalmente ter me encontrado, percebi que estava errado. Eu não era masculino nem feminino, ou mesmo humano”, declarou.

Jareth Nebula
Jareth Nebula Foto: Reprodução/Instagram(jareth_nebula)

“Eu não penso e não sinto como os humanos. Não consigo explicar isso para as pessoas. Sou simplemente de outro mundo”, acrescentou o modelo.

Diante disso, Jareth diz que é desnecessário dizer que é americano (pelo menos aos olhos do governo do país da América do Norte) e que vive em Edmonds (estado de Washington, EUA).

Jareth Nebula
Jareth Nebula Foto: Reprodução/Instagram(jareth_nebula)
Jareth Nebula
Jareth Nebula Foto: Reprodução/Instagram(jareth_nebula)
Jareth Nebula
Jareth Nebula Foto: Reprodução/Instagram(jareth_nebula)
Jareth Nebula

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS