EUA acusam Rússia e China de ameaçar a paz no espaço

0
0

O governo dos Estados Unidos acusou nesta terça-feira (19) Rússia e China de aumentarem o risco de um conflito no espaço, sobretudo com o desenvolvimento de armas contra satélites.

Uma reunião em Genebra, na Suíça, acontece desde segunda-feira (18) com a presença de 25 países, entre eles China, Estados Unidos e Rússia.

As nações tentam firmar as bases de um acordo para prevenir uma corrida armamentista no espaço.

Em um discurso na Conferência de Desarmamento, no Palácio de Nações, sede da ONU, a subsecretaria de Estado americano, Yleem Poblete, questionou a sinceridade do compromisso de China Rússia:

“Como podemos acreditar que [a Rússia] leva a sério a prevenção da corrida de armamentos no espaço exterior quando são eles aqueles estão desenvolvendo armas anti-satélites lançadas da terra?”

A representante dos Estados Unidos acusou Moscou de tentar fazer que os láseres sejam capazes de “cegar ou danificar satélites”.

Depois criticou a China por desenvolver instrumentos para interferir as emissões dos satélites, assim como mísseis capazes de alcançar “satélites em órbita baixa”.

Tendo isso em vista, “é difícil avaliar a veracidade do compromisso da China”, sentenciou a responsável americana, informa a agência EFE.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS