Líderes da América do Sul formalizam criação do Prosul

0
0

Os presidentes de oito países da América do Sul assinaram na tarde desta sexta-feira (22) a Declaração de Santiago.

Os líderes sul-americanos assinaram o documento que formaliza uma proposta para a criação do Prosul, fórum de desenvolvimento e integração regional.

O novo fórum deve substituir a União das Nações Sul-Americanos (Unasul), organização que é vista pelos países assinantes como um resquício da onda esquerdista que assolou o continente nas últimas décadas.

Além de Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, assinaram o documento:

  • Mauricio Macri (Argentina);
  • Sebastian Piñera (Chile);
  • Iván Duque Márquez (Colômbia);
  • Lenín Moreno (Equador);
  • David Granger (Guiana);
  • Mario Abdo Benítez (Paraguai);
  • Martín Vizcarra (Peru).

O presidente chileno Sebastián Piñera afirmou que a assinatura do documento “estabelece um compromisso dos presidentes de colaboração, diálogo e integração na América do Sul”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS