Ministério Público-SP investiga ‘terrorismo doméstico’ em Suzano

0
0

Dois assassinos mataram 8 pessoas na cidade de Suzano nesta quarta-feira (13). Logo depois, um atirou no outro e, em seguida, cometeu suicídio.

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) instaurou procedimento na noite desta quarta-feira (13) para investigar “eventual cometimento de crimes relacionados a terrorismo doméstico” no caso do massacre da Escola Estadual Raul Brasil em Suzano.

O termo “terrorismo doméstico” é usado para classificar atentados terroristas praticados por cidadãos contra o seu próprio povo ou governo.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) ficará à frente da investigação.

De acordo com nota do Ministério Público:

“A linha central do Gaeco e apurar possível existência de organização criminosa que tenha colaborado para eventual cometimento de crimes relacionados a terrorismo doméstico, como apontam os primeiros indícios.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS