O exército de hackers da Coreia do Norte

0
9

Em menos de uma década, a Coreia do Norte entrou no clube das principais potências cibernéticas do planeta.

Enquanto o povo morre de fome, o ditador da Coreia do Norte, Kim Jong Un, investiu e formou um dos mais bem treinados exércitos de hackers do mundo.

O exército de hackers da Coreia do Norte foi criado no fim dos anos 90 por Kim Jong-il.

Kim Jong Un seguiu os caminhos do pai e, desde que assumiu, em 2011, determinou um investimento em massa no setor.

Um levantamento da empresa americana de cibersegurança AlienVault apresenta um resultado estarrecedor: nos últimos 26 meses, as impressões digitais do país apareceram em um número crescente de ataques cibernéticos.

Segundo o Estadão, o nível de habilidade dos hackers norte-coreanos tem se aprimorado rapidamente e os alvos do regime são cada vez mais preocupantes.

Desertores norte-coreanos e pesquisadores da Coreia do Sul dizem que o exército cibernético da Coreia do Norte tem cerca de 7 mil hackers que recebem amplos apartamentos em Pyongyang e isenções do serviço militar obrigatório, além de treinamento especial e cursos no exterior.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS