Polícia da Holanda prende acusado pelo ataque em Utrecht

0
0

O ataque deixou três mortos e cinco feridos. Polícia da Holanda não descarta terrorismo como causa.

Um homem originário da Turquia é o principal suspeito de ter praticado o ataque contra civis na cidade de Utrecht. A polícia da Holanda efetuou a prisão na tarde desta segunda-feira (18).

O criminoso abriu fogo em um bonde no centro da cidade, uma das mais importantes do país, na manhã de hoje.

Três pessoas morreram e nove ficaram feridas, segundo a polícia e o prefeito de Utrecht, Jan van Zanen.

Gokmen Tanis, de 37 anos, teve sua imagem divulgada nas redes sociais pela polícia de Utrecht, aconselhando o público a “não se aproximar” do criminoso.

O nível de ameaça terrorista, elevado ao máximo em Utrecht, foi rebaixado, afirmou o direito da agência nacional para a segurança e o contra-terrorismo (NCTV), Pieter-Jaap Aalbersberg, confirmando a detenção do “principal suspeito”, informa o Correio Braziliense.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS