Cientistas da Alemanha criam órgãos humanos transparentes

0
0
Dr. Ali Ertuerk, Group Leader at the Institute for Stroke and Dementia Research (ISD) at the Ludwig Maximillian's University, looks at a transparent human brain at his laboratory in Munich, Germany April 23, 2019. Mr. Ertuerk and his team developed DISCO transparency technology which is used by scientists from diverse biomedical research fields to generate high resolution views of intact rodent organs and bodies, a milestone on the way to generate 3D-bioprinted human organs. Picture taken April 23, 2019. REUTERS/Michael Dalder

Pesquisadores na Alemanha criaram órgãos humanos transparentes utilizando uma nova tecnologia.

A expectativa é que este novo avanço científico possa abrir caminho para a impressão de partes do corpo em três dimensões, como rins para transplantes.

Cientistas liderados por Ali Erturk na Universidade de Munique Ludwig-Maximilians desenvolveram uma técnica que utiliza um tipo de solvente para criar órgãos transparentes, a exemplo do cérebro e dos rins.

O órgão então é escaneado por lasers em um microscópio que permite aos pesquisadores capturar sua estrutura por completo, incluindo veias e cada célula em regiões específicas.

Com esse desenho, os cientistas imprimem o suporte estrutural do órgão. Em seguida, eles carregam a impressora 3D com células-tronco que agem como “tinta” e são injetadas na posição correta para que o órgão seja funcional.

Embora a impressão 3D já seja amplamente utilizada para fins industriais, Erturk disse que a criação é um marco para os próximos passos do procedimento no campo médico, registra a agência EFE.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS