Maradona é multado por dedicar vitória do seu time a Maduro

0
0
Venezuela 17 05 2018 O ex-jogador de futebol argentino Diego Maradona foi uma figura de destaque no encerramento da campanha do presidente venezuelano Nicolás Maduro para as eleições presidenciais no próximo domingo, em que ele está buscando a reeleição.O ex-jogador, campeão mundial com a Argentina na Copa do Mundo de 1986 no México, foi o centro das atenções na fase final da campanha em Caracas de Maduro, de quem ele se declarou "um soldado".twitter

O ex-jogador da seleção da Argentina é técnico do clube mexicano Dorados de Sinaloa.

Diego Maradona foi multado pela Federação Mexicana de Futebol (FMF) por ter dedicado uma vitória do seu time ao ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, na semana passada.

Maradona homenageou o amigo chavista após bater o Tampico Madero por 3 a 2, pela Segunda Divisão do país.

Para não perder o costume, o ex-jogador também aproveitou para criticar Donald Trump, presidente dos Estados Unidosinforma O Dia.

O valor da multa não foi divulgado, mas a FMF afirmou em nota que as declarações do treinador infringiram o código de ética da entidade, que exige neutralidade política.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS